29.9.07

flagrante

Está no Diccionario de la lengua española (Real Academia Española, 22ª edição, 2003), verbete piel:

piel de gallina - 1. f. carne de gallina (aspecto de la epidermis debido al frío o al miedo).

Frio? Medo? Então os dicionaristas nunca se arrepiam de emoção?

2 Comentários:

Blogger Louisie disse...

Putz,
essa você demorou pra postar, mas postou hein!
Como te disse naquele dia, só posso concordar e dizer que se dicionaristas fossem perfeitos, não teríamos Aurélio e Houaiss.
Agora imagine se Nietzche fosse dicionarista. Ele era filólogo, teria tudo a ver, mas certamente, a edição de bolso, teria pelo menos uns cinco volumes... rs
um beijo, meu querido!

30 de setembro de 2007 17:59  
Blogger Francisco Fuchs disse...

Demora mesmo, minha amiga querida. E ainda tem uns trinta textos esperando no mundo dos não-nascidos... Eu trabalho devagar mesmo - pra que pressa? =)

Beijo grande!

1 de outubro de 2007 03:35  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

eXTReMe Tracker