2.11.07

estes vincos que chamas de rugas
nelas vendo só carne derrocada
- o bagaço do suco derramado -
são os sulcos de tantos momentos:
as pregas em que se implica
a grossa plica do tempo.

4 Comentários:

Blogger fred girauta disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

4 de novembro de 2007 12:22  
Blogger fred girauta disse...

porra, mas precisava ser tão grossa assim?

4 de novembro de 2007 12:25  
Blogger Francisco Fuchs disse...

Cara, que horror, né? Quanto mau gosto... Mas eu simplesmente não resisti. =)

Ah... E se não fosse tão grossa não tinha graça, hehehe.

4 de novembro de 2007 18:44  
Blogger fred girauta disse...

eu adorei o poema...
a partir dele, dediquei um a vc no triagem.

4 de novembro de 2007 18:54  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

eXTReMe Tracker